Blogger de viagens cozinhando ao ar livre

cozinhar ao ar livre, camping nelson mochileiro


Será que não deveria, mas às vezes eu há vício o sabor de um peixe defumado, uns chouriços à lenha ou umas carnes bem cozidas. Eu vim perdendo pouco a pouco a meta viajante… existe tal coisa?


Digamos que quando alguém viaja, e viaja tem várias etapas (que com certeza falarei mais a frente), passando desde a energética paixão por descobrir o mundo ao compreender que nem todo o mundo é um pompom cor-de-rosa com unicórnios vomitando arco-íris. Há altos e baixos, você aprendeu a ser realista e reconhecer que existem sites melhores do que outros.


Já quando um percorreu alguns quilômetros na vida ganhou alguns lugares que lhe tem carinho e, possivelmente, não precisa ir muito longe para observar essas prazerosas experiências.


A cerca de viajantes gostam de mergulhar em culturas, conhecer outros povos, outros fazer caminhadas duras. Há viajantes que procuram ondas para surfar pelo mundo, para viajantes que gostam do vento na estrada ao ir em uma moto, viajantes de camper que viajar para conhecer outros viajantes, viciados no carona, há de tudo.


Abordagens ou etapas, llámalos como quiser. Mas passando por dezenas desses episódios achei mais pedaços de mim mesmo e descobri que o que eu mais gosto é a contemplação. Para mim, o ápice de uma boa viagem, possivelmente, consiste em chegar a um lugar idílico que exceda a minha imaginação para, finalmente, estando ali possa me dedicar a contar estrelas…


para ouvir a água…


a andar por entre animais e plantas…


ou, simplesmente, respirar ar puro…


Minhas fotos no instagram são apenas ilustrativas, de diferentes momentos, apenas para deixar clara ideia, já que eu não estou falando de um lugar, mas uma sensação.


Mas, para não sair por ramos, volto a retomar o delicioso que é desfrutar de refeições ao ar livre quando você chegar à linha de chegada viajante. Sério, é algo que adoro, embora não seja um banquete. O simples fato de levar algo na mochila para comer em um lugar, em seguida, a pesquisa é como um prêmio. Assim que o cão pavloviano eu amaestrado a que a recompensa após certos viagens/passeios/saídas está na contemplação de algo bonito enquanto algo cozinha.


Uma das soluções mais rápidas e simples quando não planejo fazer uma fogueira grande é esta cozinha a gás. É uma daquelas campingas que iluminam-se com facilidade e resolvem tudo. Com ela posso fazer coisas simples, como preparar uma sopa, fritar cerca de bacon, beber um mate ou café. Te convido a ver este video, para que você veja exatamente o que eu quero dizer.


Nos próximos vídeos prometo trazer algumas receitas mais complexas ideais para as suas viagens e passeios ao ar livre. Eu acho que se tudo isso gosta tanto como a mim vamos passar muito bem. Eu fazendo sexo e sua aprendendo alguns truques.


Obrigado por assistir e não deixe de seguir o canal de viagens se você gostou.

Classifique esse post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *