Viajar com Bebês

Dicas de Viagens para pais!

Pequeno manual para você que tem dúvidas sobre o voos com bebês, para os pais de primeira viagem, tio, tias ou avôs que necessitam em algum caso especial precisar transportar algum bebê.

Vamos lá, segue abaixo:

Reserva: Norma da Anac, menores de 2 anos viajando no colo dos pais podem ter a passagem cobrada pela, mas no máximo 10% da tarifa do adulto.Gol e Tam, entre outras isentam essa tarifa em vôos nacionais, mas nos internacionais a maioria das cias aéreas cobram. Já em rotas longas, para assegurar o bercinho do bebê para não ficar com ele no colo o tempo todo. Dica: Faça a reserva dele por telefone e esclareça a solicitação que ás vezes é taxada.

Se você comprar pelo  nosso site pode solicitar com um dos nossos agentes. Caso você prefira levar o bebê em uma cadeirinha ajustada a uma assento exclusivo, terá de pagar uma passagem cheia, são regras das cias aéreas. Aproveite e use os hábitos da criança a seu favor: se ela dorme bem á noite, busque um voo noturno e vai outra dica: As companhias só transportam bebês com mais de 7 dias de vida, mas o recomendável é esperar até os 3 meses quando o sistema imunológico do bebê está menos suscetível. Lembre-se de estar com as vacinas em dia.

Documentação: Nos voos nacionais, deve-se apresentar RG ou certidão de nascimento da criança, nas viagens para o exterior, são necessários o passaporte, a certidão de nascimento ou RG, e o visto do país para qual você estará indo. (quando obrigatório) e se o bebê estiver somente com um dos pais, precisa-se uma AUTORIZAÇÃO reconhecida do pai que não viaja. Caso necessite de um modelo desta autorização poderá ser encontrada no site tjsp.jus.br faça duas vias pois uma será retida no país, e outra fica com você.

Bagagem de Mão: Leve uma lata de leite em pó, dois frascos de mamadeira, os remédios, duas chupetas, três trocas de roupa, casaco, um edredom, e de quatro a dez fraldas, dependendo da duração do vôo. No aeroporto antes do embarque, mostre tudo a segurança de forma transparente, já que parte destes produtos será aceita sob exceção, por causa do bebê.

Embarque: No Brasil, passageiros com bebês têm preferência na fila do check-in e nos assentos diferenciados, e na hora do embarque. Lembrando quem alguns países nem sempre essa prioridade é anunciada, então faça valer seu direito no balcão da cia aérea.

A bordo: Recomenda-se dar uma chupeta a criança na decolagem e na aterrissagem devido a mudança de pressão. Se não houver fraldário no banheiro do avião, pergunte a comissária se tem algum lugar onde você possa ficar à vontade para trocar a criança.

Desembarque: Pais com bebês costumam ser desembarcados por último, Caso você estiver com o tempo curto devido a uma conexão, peça a comissária para priorizar sua saída.

Gostou das Nossas Dicas ? Aproveite nossas promoções de passagens aéreas e boa viagem!

Classifique esse post